Filha do casal real britânico é batizada em igreja em Sandringham.

O príncipe William e a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, essa foi a primeira aparição do casal com seus dois filhos, o príncipe George e a princesa Charlotte, a cerimônia de batizado foi realizada em Sandringham, no Reino Unido neste domingo (05/07/2015). Chegou a bordo do mesmo carrinho de bebê que pertenceu à rainha Elizabeth II, sua bisavó.

 

(Foto: Matt Dunham/AP)


A família foi caminhando da casa de campo que possui na região até a igreja de Santa Maria Madalena. A igreja é o local onde a princesa Diana, avó da menina, foi batizada em 30 de agosto de 1961.

 

(Foto: REUTERS/Joe Giddens) 

 

A princesa, segunda filha do casal e quarta na linha de sucessão ao trono britânico, acabou de completar dois meses de vida – ela nasceu no dia 2 de maio de 2015.

 

(Foto: Matt Dunham/AP) 

 

Os padrinhos da menina serão Laura Fellowes, prima de William e filha de uma das irmãs da princesa Diana, Adam Middleton, primo de Kate e os amigos do casal Sophie Carter, James Meade e Thomas van Straubenzee (um dos amigos mais próximos de William).

 

 

Cerimônia

Entre os convidados para o batizado estavam os bisavós da princesa, a rainha Elizabeth II e seu marido, o príncipe Philip, seu avô paterno, o príncipe Charles, e seus avós maternos, Carole e Michael Middleton. A mulher de Charles, Camilla Parker-Bowles, também estará presente, assim como os irmãos de Kate, Pippa e James Middleton, além dos padrinhos e seus esposos ou esposas.

O irmão de William, o príncipe Harry, não participou da cerimônia – ele viajou para a África para se dedicar a projetos de conservação e passará os próximos três meses na Namíbia, África do Sul, Tanzânia e Botsuana.

O fotógrafo peruano Mario Testino foi convidado por William e Kate para fazer fotos pós-cerimônia. Ele já fez fotos da família em outras ocasiões e era o fotógrafo preferido da princesa Diana.

A cerimônia não foi aberta ao público, mas os jardins em frente à igreja foram liberados para quem quisesse ficar do lado de fora e ver a passagem da família, como ocorreu no último Natal.

A menina foi batizada com água do rio Jordão, tradição milenar da família real.

 

 (Foto: REUTERS/Anthony Devlin)


Após o batismo, os convidados, que foram menos de 30 pessoas, foram recebidos para um chá com bolo, outra tradição da família.

Charlotte usou a mesma roupa que seu irmão vestiu em seu batizado - uma réplica do vestido criado em 1841 para a filha mais velha da rainha imperatriz Victoria, a princesa Victoria, feita de rendas e cetim branco.

Mais de 60 bebês da família real britânica usaram depois dela, incluindo todos os filhos e netos da rainha Elizabeth. O último a vesti-lo foi Louise Windsor, filha do príncipe Edward, em 2004.

 

(Foto: AP/Jason Bell, Camera Press) 

 

Mas, cada vez mais frágil, o original é agora cuidadosamente preservado, e uma réplica foi criada por ordem da Rainha. Foi usado pela primeira vez em 2008 para o batismo do irmão de Louise, James, e os de Savannah e Isla, bisnetas da rainha.

 

Diferenças

O batizado ocorreu em um local diferente da cerimônia do príncipe George – o irmão de Charlotte foi batizado na Capela Real do Palácio St. James, no coração de Londres.

O batismo de George, realizado pelo arcebispo de Canterbury, foi acompanhado por apenas 22 convidados escolhidos pelos duques de Cambridge, entre o pai e da madrasta de Willian, o príncipe Charles e Camilla Parker-Bowles, e os pais e os irmãos de Kate.

Além disso, assistiram à cerimônia o duque de Edimburgo, de 92 anos, marido da rainha, e o príncipe Harry, segundo filho de Charles com a falecida princesa Diana.

Os padrinhos foram sete - Zara Phillips, prima do príncipe William, filha da princesa Anne, Oliver Baker e William van Cutsem, Julia Samuel, Emilia Jardine-Paterson e o conde de Grosvenor, todos amigos dos duques, e Jamie Lowther-Pinkerton, ex-secretário privado do casal.

 

(Foto: Mario Testino A/P)

 

Gostou da matéria, compartilhe!