Cuidados Especiais com os Bebês Prematuros


 

Como eu contei pra vocês, na gravidez na minha segunda filha, a Isadora tive uma ameaça de parto prematuro, como contei neste post. No caso dela, conseguimos segurar a gestação e ela nasceu com 39 semanas, mas as histórias nem sempre acabam assim, e alguns bebês nascem prematuros.

 

É considerado prematuro o bebê que nasce antes das 37 semanas de gestação. Com o tempo reduzido dentro da barriga da mãe, o organismo da criança pode ficar mais frágil e com isso necessitar de mais atenção na rotina diária.

 

 

São necessários alguns cuidados especiais para que tudo corra bem com o desenvolvimento da criança, lembrando que quanto mais prematura for a criança, mais cuidados necessitará:


Controle de desenvolvimento: para garantir que o bebê prematuro está ganhando peso e se desenvolvendo bem, é necessário ter um controle mais de perto de um pediatra e outros profissionais como cardiologistas, fisioterapeutas, oftalmologistas, entre outros.


Evite visitas e aglomerações: é necessário evitar visitas e aglomerações pelo menos nos primeiros 3 meses após a alta. Já para os prematuros extremos, ou seja, que nasceram com menos de 34 semanas, o tempo ideal seria de 6 meses, quando a maioria das vacinas já foi administrada.


Priorize o aleitamento materno: o leite materno é o alimento perfeito para todo o bebê e principalmente para o prematuro. Ele é completo e tem defesas adequadas ao bebê prematuro, protegendo-o contra infecções, desnutrição, alergias e outras doenças. Isso sem mencionar no fortalecimento do vínculo entre mãe e filho.

 


Mãe-canguru: o contato pele a pele com a mãe acalma o bebê e é comprovadamente benéfico no alívio de dores e desconfortos.


Casa limpa e ventilada: o ambiente onde vive o prematuro deve ser limpo e bem arejado, tendo cuidado somente com as correntes de ar.


Verifique as fraldas com mais frequência: a pele do bebê prematuro é mais fina e sensível, e por isso, tende a se irritar e ter assaduras mais facilmente. Por isso, faça a troca de fraldas com mais frequência.


Observe se o bebê está aquecido: crianças prematuras possuem uma maior dificuldade em manter a temperatura corporal mais estabilizada, podendo sentir mais frio que uma criança nascida a termo. Por isso, é importante ficar atento aos sinais que a criança transmite, como soluços ou extremidades muito frias.

Um outro problema enfrentado pelos pais de prematuros são as roupinhas que ficam grandes nesses pequenos guerreiros, e como vimos, mantê-los aquecidos é muito importante.

Pensando nisso, a Bebê de Grife possui uma linha exclusiva com as melhores marcas para os bebês prematuros. São diversas opções de peças em quatro tamanhos para deixar seu bebê lindo e confortável. 

 

Matéria escrita por nossa parceira: Barbara Vitoriano do Blog Indiretas Maternas