Criança e Piscina

 

Cuidados Importantes para Evitar Acidentes com Crianças na Piscina

 

O calorzão, feriadão e férias, para a maioria nessa época o banho de piscina é o lazer preferido de toda a família, inclusive para a criançada, que além de se divertir, refresca qualquer um.

 

E para quem tem filhos pequenos, deve se manter toda atenção, não pode dar bobeira, a preocupação e a segurança ao redor da piscina devem ser redobradas, qualquer descuido pode acontecer alguma fatalidade ou algum acidente. Pensando nisso, separamos alguns cuidados necessários para que seu filho possa aproveitar bem a piscina sem nenhum acidente, confira:



1 #ENSINE A CRIANÇA

Mostre para a criança que nadar sozinho é perigoso e ela sempre deve estar acompanhada de um adulto. Ensine também, que brincadeiras como: empurrar e afogamento não são corretas. Diga para ela, sempre pedir para ir até a piscina e nunca ir sozinha. Mostre as placas de sinalização e a piscina infantil, que é feita para ela.



2 #ÁREA

Cerque a área de sua piscina com grades de proteção de no mínimo 1,20m e tranque este cercado com portões, para que a criança não tenha acesso. As capas de proteção mais resistentes, também são ótimas para evitar a sujeira e proteger para que a criança não caia na água. Pois caso saia para atender a porta da frente sem nenhum cuidado: uma criança submersa na piscina entre 4 a 6 minutos pode ficar com danos permanentes no cérebro.



3 #PISCINAS PLÁSTICAS 

Se sua residência possui uma piscina de plástico, esvazie-a e guarde-a em um local seguro após o uso. Crianças menores de dois anos se afogam em quantidades mínimas de água: como banheiras, baldes e até vasos sanitários. Por isto, não os deixe ao seu alcance! Mantenha baldes, recipientes e piscinas infantis vazios. Guarde-os sempre virados para baixo e fora do alcance das crianças;



4 #COLETES

O uso de coletes salva-vidas é fundamental para garantir a segurança dos pequenos. Coloque-os sempre que as crianças estiverem na água, mesmo que elas saibam nadar. As bóias são indicadas apenas para maiores de 6 anos. Os modelos tipo “pneu” não são indicados, pois deslizam facilmente do corpo da criança. O piso ao redor da piscina deve ser antiderrapante, a fim de evitar escorregões e outros acidentes.



Lembre-se:

Crianças são aventureiras e não tem maturidade para reconhecer a noção de um perigo ou experiência para sair de uma situação de risco. Portanto, não favoreça situações que possam prejudicar a sua segurança. Evite os riscos e tenha um bom divertimento neste verão!