febre-do-seu-filho

 

Erros mais comuns dos Papais quando o assunto é FEBRE

 

Chegando o Inverno, época de friozinho, época das gripes, resfriados e as temidas pneumonias. Nós mamães ficamos apreensivas com nossos pequenos. Vamos falar um pouquinho de FEBRE?

Os mamães, especialmente as de primeira viagem, ficam desesperadas quando o termômetro passa dos 37,5ºC. O que será que é? Como tratar? Qual remédio posso dar? Essas e muitas outras questões atormentam a cabeça dos papais, que algumas vezes cometem erros bem comuns com medo de que a temperatura suba muito e rapidamente.

 

Porém, segundo o diretor médico do PRONTOBABY Hospital da Criança, o pediatra Dr. Guilherme Sargentelli, é preciso ficar atento a esses erros, pois a febre na criança é um sintoma que pode aparecer tanto por conta de um simples resfriado e uma diarreia, ou em casos mais graves, como pneumonia e meningite.

 

Dar remédio sem necessidade

Com medo de que a febre suba rapidamente, o que costuma acontecer com os pequeninos, e seu bebê possa ter uma convulsão, muitas mamães acabam medicando o filho por conta própria. Porém, é preciso prestar atenção em como a criança está. Se ele estiver brincando e se alimentando, tente evitar os remédios. Um banho morno pode ser uma boa opção para controlar a temperatura.

 

Não alimentá-lo

Geralmente quando estão com febrinha, os bebês não querem se alimentar, ficam com menos fome do que o normal. Porém, quando os pequenos estão mais nutridos, conseguem combater as infecções mais rapidamente. Prepare uma alimentação saudável e bem equilibrada para os pequenos quando estiverem nessas condições.

 

Hidratá-lo menos do que deveria

O mesmo vale para água e sucos. Quando a criança está com febre, ela sua bastante. Para evitar desidratação, ofereça bastante líquido ao seu filho, como água e sucos. Caso a febre seja por conta de diarreias, vômitos e viroses, dê bebidas eletrolíticas.

 

Deixá-lo cheio de cobertores

Com medo de que o filho pegue friagem pois está com o corpo quente, muitos pais costumam enchê-lo de cobertor. Porém, isso pode prejudicar em vez de ajudar, já que ajudará a esquentar ainda mais o corpo e a temperatura se elevará. Não o deixe sem roupa, mas também não exagere.

 

Dicas para quando seu filho tiver febre:

Antes de assustar e ficar desesperada, entenda se seu pequeno está realmente com febre e se é preciso correr com ele para o hospital. Caso contrário, monitore a temperatura e entre em contato com o pediatra pelo telefone, explicando caso a caso.

  • Bebês de até 3 meses: 38ºC ou acima há mais de 24h.
  • De 3 a 6 meses: 38,8ºC ou acima há mais de 2 dias.
  • Acima de 6 meses: 39,4ºC há mais de 3 dias.

 

Produção: Bebê de Grife (www.bebedegrife.com.br)

 

Curtiu a matéria preparada com carinho para vc? Compartilhe com suas amigas mamães! Faça parte da nossa lista de transmissão: http://bit.ly/Whats-Bebe-de-Grife